fbpx

agencia portuguesa ambiente

Posted on Em Região

Autarca de Abrantes preocupado com indícios de poluição no Tejo, APA diz que está tudo normal

O presidente da Câmara de Abrantes manifestou esta sexta-feira “preocupação” com a “tonalidade das águas” do Tejo que desde meados de dezembro “indiciam” casos de poluição, mas a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) negou qualquer situação de incumprimento. “Estamos preocupados porque a coloração acastanhada das águas que se verifica no Tejo, quer junto ao açude,… Continue a ler

Posted on Em Região

PSD Golegã denuncia descarga poluente no rio Tejo

O PSD Golegã enviou um ofício à Agência Portuguesa do Ambiente, denunciando uma “descarga de águas poluentes no Rio Tejo, na margem do Concelho da Golegã, depois de vários munícipes terem contactado a estrutura, dando conhecimento da situação e apelando à intervenção, face à inoperância do município para resolver a questão”. O PSD enviou ainda… Continue a ler

Posted on Em Sociedade

Monitorização da rede de estações do rio Tejo é diária – garante a APA

“Contrariamente ao que foi afirmado por oradores numa sessão promovida pela APRH no final da semana passada, não existe falha de monitorização do lado português, conforme pode ser verificado por qualquer cidadão através do portal do SNIRH- Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos“, refere a APA – Agência Portuguesa de Ambiente. Em comunicado, a… Continue a ler

Posted on Em Região

Represa no rio Sorraia tem licença da APA para impedir destruição de 10.000 ha de lezíria pela água salgada

A APA – Agência Portuguesa do Ambiente garante ao “Mais Ribatejo” que não se registou qualquer morte de peixes devido à construção de uma represa provisória em terra no rio Sorraia. No entanto, a fotografia aérea da obra que motivou uma denúncia do PAN continua a provocar polémica e a alimentar a indignação nas redes… Continue a ler

Posted on Em Sociedade

APA diz que não há morte de peixes no rio Sorraia e garante que açude para reduzir salinidade é provisório

A APA – Agência Portuguesa do Ambiente garante ao diário online “Mais Ribatejo” que a represa construída em terra no rio Sorraia, em Porto Alto, não provocou qualquer mortandade de peixes. Em resposta a um pedido de esclarecimento do “Mais Ribatejo”, a APA sublinha que“a interrupção do troço principal do rio é minimizada pelo sistema… Continue a ler

Ir para Início