fbpx

Carlos Macedo

Posted on Em Leituras

Viagens ao interior da literatura de crime e mistério (2): Onde se desmonta o mito da falta de qualidade e se releva a sua autonomia e vitalidade

Tem mesmo qualidade literária? Nada do que referiram os seus detratores até hoje, retira qualidade literária às obras desta temática, revelando até, por vezes, novos caminhos, genialmente percursores no estilo, na linguagem, na estrutura narrativa, na riqueza inovadora das análises psicológicas, sociais ou puramente estéticas, no desenrolar da trama do livro ou do filme… Vejamos… Continue a ler

Posted on Em Leituras

Viagens ao interior da literatura de crime e mistério (1): A questão da identidade e a esfera da autonomia do subgénero literário

I – O QUE É LITERATURA POLICIAL O crime é elemento essencial do quotidiano, nos diferentes avatares na evolução dos seres humanos ao longo da sua história. Por exemplo, a destruição de outras vidas. Graças a ele comemos, porque alguém matou seres vivos para adornar a nossa mesa. Vestimos (ainda) peles de mamíferos e aves,… Continue a ler

Posted on Em Leituras

Grandes nomes da literatura de crime e mistério (22): Anne Perry, pseudónimo de Juliet Marion Hulme (1938)

Anne Perry, como autora, está entre os que merecem leitura. Apostando numa reedição sofisticada (em quase tudo) do melodrama romântico, um pouco à imagem da sua vida (e nisso, também se aproxima das irmãs Brönte), intensamente sobrecarregada de morte; de uma imaginação centrada no tipo de vida que viveu. E que lhe não causou qualquer… Continue a ler

Posted on Em Leituras

Grandes nomes da literatura de crime e mistério (14): Louise Margery Allingham (1904-1966), pseudónimo Maxwell March

Aqui jaz o pobre Albert Champion, triste morte a sua… Mas que vida!!! De Champion (campeão)” (Prefácio de No Coração Do Labirinto) Margery Allingham nasceu em Londres, em 20 de maio de 1904, e morreu, em  30 de junho de 1966, nas Essex Marshes, Inglaterra, local onde viveu muitos anos e que muito amava. Nascida… Continue a ler

Posted on Em Leituras

Grandes nomes da literatura de crime e mistério (13): Dorothy Sayers (1893-1957)

Britânica, nascida em Oxford e falecida em Witham. “O autor de romances policiais, em geral, aspira à complicação e à inteligência, está sempre pronto a rejeitar a evidência e a absolver o culpado. Não se sente bem, enquanto não for ainda mais longe e tiver encontrado uma nova explicação satisfatória do problema”. (In “THE MURDER… Continue a ler

Posted on Em Leituras

Grandes nomes da literatura de crime e mistério (9) – Earl Derr Biggers

Começo por vos oferecer (sem compromisso) alguns aforismos de Charlie Chan: “Existem três coisas que um homem sábio deve evitar: trabalhar arduamente; pintar a superfície das águas; contradizer uma mulher. Uma pedra preciosa só é polida esfregando-a vigorosamente; um homem só se aperfeiçoa nas provações. A fortuna só visita pessoas com sorriso nos lábios. Quem… Continue a ler

Posted on Em Leituras

Grandes nomes da literatura de crime e mistério (8): Anthony Berkeley Cox

Muitos homens transformaram um desencanto total (ódio?) face à humanidade em Arte. Exercida até com algum mérito e nobreza. Um deles foi, sem margem a dúvidas, Anthony Berkeley Cox (1893-1971), o verdadeiro ABC da Literatura Policial. Britânica e imperial. O “cowboy” e o “gangster” inspiraram o imaginário popular dos EUA, ao longo de todo o… Continue a ler

Posted on Em Leituras

Grandes nomes da literatura de crime e mistério (6): Colin Dexter

Nasceu e estudou em Stamford, no Reino Unido (Stamford School), prestando o seu serviço militar no Royal Corps of Signals. Licenciou-se aos vinte e três anos, no Christ’s College (Cambridge) e obteve um M. A. Honorary em 1958. Faleceu coerentemente em Oxford, em março de 2017. Ensinou o grego e o latim nos East Midlands… Continue a ler

Posted on Em Leituras

Grandes nomes da literatura de crime e mistério (5): Jorge Luís Borges

“…sentiu que os atos dos Homens são necessários e que por isso é necessária a eternidade, de bem-aventurança ou perdição, que eles acarretam.”  (Nueve Ensayos Dantescos – O verdugo piedoso – Espasa-Calpe, 1982).  “Es usted Borges? Por veces” (Entrevista a Volodia Teitelboim). Jorge Francisco Isidoro Luís Borges Acevedo, nasce em Buenos Aires, em 1899, no… Continue a ler

Ir para Início