fbpx

Menos 70 vagas para novos alunos – Politécnico de Santarém com perda recorde de vagas no país

Em Educação/Sociedade

Inicia-se esta quarta-feira, 17 de julho, o prazo de candidatura à 1.ª fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior público, o qual termina no dia 6 de agosto, terça-feira.

O Instituto Politécnico de Santarém é a instituição de ensino superior que sofre a maior redução do número de vagas de ingresso para novos alunos. O IP Santarém baixa de 944 para 874 vagas para a entrada de novos estudantes no concurso nacional que se inicia hoje.

Segundo o Ministério da Educação, para o ano letivo 2019-2020, o total de vagas disponibilizadas no âmbito do regime geral de acesso (concurso nacional de acesso e concursos locais) é de 51.568 vagas,sendo, por isso, o número de vagas semelhante ao fixado no ano anterior.

No Instituto Politécnico de Santarém, há 874 vagas para novos estudantes, ou seja, menos 70 vagas do que no ano letivo passado em que houve 944 vagas para a entrada de novos alunos.

O Instituto Politécnico de Tomar mantém as mesmas 500 vagas de ingresso para novos estudantes.

A nota de imprensa do Ministério da Educação refere que face aos resultados dos exames nacionais já realizados é expectável que o número de candidatos às vagas colocadas a concurso seja também semelhante face ao ano anterior.

O número total de vagas manteve-se estável face ao ano anterior (quando considerada a totalidade das instituições) decorrente do aumento de vagas nas instituições em regiões com menor procura e menor pressão demográfica ter compensado a redução de vagas em Lisboa.

A fixação de vagas no presente ano letivo resultou de um intenso processo de debate tendo em vista a análise sobre o impacto das medidas de afetação de vagas, bem como a identificação de melhorias a introduzir nas opções adotadas nos anos anteriores.

Com base nos resultados das opções políticas das medidas assumidas em anos anteriores, bem como nas recomendações formuladas pelo grupo de trabalho constituído especificamente para o efeito, o Governo considerou que as medidas de redistribuição de vagas no ensino superior público deveriam ser aprofundadas, mas ponderando critérios adicionais para além da localização geográfica da instituição.

Nesse sentido o despacho de fixação de vagas determinou a exigência do aumento de vagas em ciclos de estudos com elevado número de candidatos em 1.ª opção no concurso nacional de acesso 2018 com nota superior a 17 valores. Atendeu ainda a possibilidade de aumento de 5% de vagas nas instituições sedeadas em regiões com menor procura e menor pressão demográfica, quando estejam em causa ciclos de estudos que visem a formação em competências digitais e ciências de dados e em áreas consideradas estratégicas para a especialização da instituição. Determinou a redução das vagas nos ciclos de estudos nas instituições sediadas em Lisboa e Porto sem qualquer candidato em 1.ª opção no concurso nacional de acesso 2018 com nota superior a 17 valores, excetuando quando os ciclos de estudo em causa visem a formação na área das competências digitais e ciências de dados.

Tal como nos anos anteriores, a candidatura é apresentada através do sistema online, no sítio da Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) na Internet (http://www.dges.gov.pt). Para acesso ao sistema de candidatura, os candidatos podem utilizar a autenticação com o cartão de cidadão.

Evolução do número de vagas entre 2014 e 2019

Instituto Politécnico
de Santarém
1031 1001 1018 973 944 874
Instituto Politécnico de Tomar 477 477 477 477 500 500

Fonte: DGES

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Educação

Ir para Início