Sábado, Novembro 26, 2022
InícioRegiãoMunicípio de Santarém apresenta projetos estratégicos à Secretária de Estado da Cultura
<
<
<
<

Município de Santarém apresenta projetos estratégicos à Secretária de Estado da Cultura

Criação de uma Direção Regional de Cultura, Museu de Abril, classificação do centro histórico de Santarém foram os principais temas da reunião da Câmara de santarém com a Secretaria de Estado da Cultura.

Em representação do Presidente do Município, o vice-presidente, João Teixeira Leite e o vereador da Cultura, Nuno Domingos, reuniram no passado dia 5 de julho, terça-feira, com a secretária de Estado da Cultura, Isabel Cordeiro, para tratar de um conjunto de questões de grande relevância para a cidade e o concelho.

“Em cima da mesa esteve desde logo a questão da ausência de uma Direção Regional de Cultura para este território (Lezíria, Médio Tejo e Oeste), com claro prejuízo para os agentes culturais, sobretudo amadores, da nossa região e, ao contrário do que se passa no resto do país”, refere a autarquia em nota à comunicação social.

O MAVU – Museu de Abril e dos Valores Universais foi outro dos assuntos tratados, com o Município a solicitar o envolvimento do Ministério na viabilização do Projeto, à semelhança do que se tem vindo a passar com outros espaços museológicos (Forte de Peniche, Aljube, etc.), assunto que a secretária de Estado anunciou ter despertado o interesse do Ministro da Cultura e a quem iria levar o dossier entregue pelos representantes do município.

A Classificação do Centro Histórico de Santarém, processo que se arrasta há cerca de dez anos, foi o tópico seguinte, com os Vereadores a chamar a atenção para o facto de as coisas não estarem a correr bem, com este arrastamento, que impede inclusive o natural desenvolvimento de um Plano de Salvaguarda que só poderá ser implementado após a conclusão deste processo.

Neste ponto foi chamada a atenção para o facto de o centro histórico estar formalmente “protegido” enquanto conjunto, mas essa situação (em vias de classificação) ter vindo a originar graves dificuldades na concretização de simples ações de manutenção do parque imobilizado.

A este respeito, o Diretor Geral de Património Cultural, também presente na reunião, assumiu o compromisso de dar andamento célere ao processo de análise classificativa e de ponderar as questões que em tempo oportuno, o Município de Santarém lhe colocou a este respeito, nomeadamente no respeitante à proposta apresentada para a Ribeira de Santarém, a que se encontra mais adiantada.

Foram ainda passados em revista outros processos, que carecem de intervenções de manutenção / reabilitação e, pontualmente colaboração projetual como as Muralhas de Santarém, o Mosteiro de Santa Maria de Almoster (cobertura e ajardinamento do espaço interior), o Castelo de Alcanede (intervenção a iniciar-se brevemente) e a Igreja da Graça (cobertura e reabilitação de paredes).

Importa, no entanto, ter em atenção que a tutela de parte destes monumentos está entregue à Direção Geral do Tesouro e Finanças, a quem vai ser solicitada reunião urgente, tendo em vista encontrar soluções de reabilitação.

Neste grupo de processos, um dos que carece de intervenção mais premente, é o troço de muralha da Rua Pedro Canavarro, sendo que o Município de Santarém, pela voz dos dois vereadores, alertou para o perigo que representa o estado de degradação daquele troço de muralha, até no plano da responsabilidade civil e, mais uma vez, se comprometeu a ter um papel ativo na sua solução.

 

Receba a newsletter com as notícias do Ribatejo

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

spot_img
Também pode ler

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe o seu comentário!
Por favor, escreva seu nome aqui

spot_img
pubspot_img

Artigos recentes

spot_img

Comentários recentes

spot_img
spot_img
Feedback